27 de abril de 2021 - 09:35

PGR denuncia governador do AM e mais 17 por organização criminosa na pandemia

Na denúncia a Procuradoria estima um prejuízo superior a R$ 2 milhões aos cofres públicos.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 semanas

Divulgação / Secom

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou ontem (26) à Justiça o governador do Amazonas, Wilson Lima, e mais 17 pessoas por suposto envolvimento em um esquema de corrupção ligado ao enfrentamento da pandemia no estado.

Na denúncia, a PGR estima prejuízo superior a R$ 2 milhões aos cofres públicos. A principal suspeita é de desvio de recursos para a compra de respiradores. O caso será analisado pelo Superior Tribunal de Justiça, onde começam a tramitar as ações que envolvem governadores.

Em nota, Wilson Lima afirma a legalidade de seus atos à frente do governo estadual. O governador disse que, embora não tenha sido notificado oficialmente do documento, a denúncia da PGR não reúne provas de seu envolvimento com os supostos crimes apontados.

Ao vivo