10 de outubro de 2019 - 11:39

Leilão de blocos exploratórios de petróleo e gás da ANP arrecada R$ 8,9 bilhões

Apesar do bom resultado, apenas 12 dos 36 blocos ofertados foram arrematados.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 semanas

Reprodução / Petrobras

A Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis, a ANP, levou a leilão hoje, 36 blocos exploratórios de petróleo e gás.

Foram arrecadados R$ 8,915 bilhões em bônus de assinatura, um novo recorde nas recentes rodadas de concessões. O investimento mínimo previsto para os blocos é de R$ 1,579 bilhão.

Apesar do bom resultado, apenas 12 dos blocos ofertados foram arrematados. As áreas, ofertadas sob regime de concessão, estão nas bacias sedimentares marítimas de Pernambuco – Paraíba, Jacuípe, Camamu – Almada, Campos e Santos.

Dezessete empresas se inscreveram para participar dessa rodada de licitações. Dessas, apenas duas, Petrobras e Enauta, são brasileiras. As 15 demais são todas estrangeiras.

Ao vivo