09 de junho de 2021 - 10:16

Governador do Amazonas entra com habeas corpus no STF para não depor à CPI

Na petição, a defesa sustenta que o governador não pode ser obrigado a depor perante o Legislativo federal.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 semanas

Foto: Leonardo Mota

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), entrou com habeas corpus preventivo no Supremo Tribunal Federal (STF) para não depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia no Senado. O depoimento está marcado para amanhã (10).

Na petição, a defesa sustenta que o governador não pode ser obrigado a depor perante o Legislativo federal.

No mês passado, outros governadores também foram convocados pela CPI e entraram no Supremo com pedido para evitar o depoimento. Eles afirmam que só podem ser investigados pelo Legislativo estadual e não podem ser chamados a prestar depoimento na CPI do Senado.

A convocação foi aprovada pela comissão no dia 26 de maio com objetivo de investigar eventuais desvios de verbas federais para o combate à covid-19.

Ao vivo