30 de agosto de 2017 - 17:30

Fachin rejeita suspeição de Janot movida por Temer

Ministro Edson Fachin considerou não haver indicação de parcialidade
Por Lorena Silva • Atualizado há 2 anos

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF negou o pedido de suspeição movido pela defesa do presidente Michel Temer contra o procurador-Geral da República, Rodrigo Janot. A decisão foi tomada ontem (30), e divulgada agora a pouco.

A defesa de Temer alegou parcialidade pediu a suspeição e impedimento de Janot, que denunciou o presidente por corrupção passiva no caso JBS. Segundo o pedido, Janot estaria agindo de forma pessoal contra Temer.

O ministro Fachin considerou não haver indicação de parcialidade.

 

Ao vivo