16 de janeiro de 2020 - 09:20

Uberlândia tem primeiro caso suspeito da síndrome nefroneural

A vítima é um um homem jovem que está internado na rede pública de saúde. De acordo com as primeiras informações o estado dele é estável.
Por Flávio Max • Atualizado há 8 meses

Reprodução

Um homem que está internado na rede pública de saúde de Uberlândia apresentou os mesmos sintomas da síndrome nefroneural.

Ele também teria tido contato nos últimos dias com a cerveja Belorizontina que estaria contaminada com duas substâncias tóxicas.

O paciente de Uberlândia é jovem e de acordo com as primeiras informações, o estado de saúde é considerado estável. A Secretaria de Saúde ainda não se posicionou sobre o assunto.

A Polícia Civil de Minas Gerais confirmou ontem (14), a morte de mais uma pessoa causada pela síndrome nefroneural. A vítima é um homem de 89 anos, que não teve a identidade divulgada, ele morreu no Hospital Mater Dei, região Centro-Sul de Belo Horizonte. O corpo deverá passar por exames e perícia no Instituto Médico-Legal (IML).

Esta é a terceira morte relacionada ao caso confirmada oficialmente pela Polícia Civil. Já são 17 as notificações de pessoas doentes, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Ao vivo