18 de setembro de 2018 - 16:50

Gasolina em Uberlândia sobe a R$ 5,29 na média

Reajustes nas refinarias inflam o preço do combustível. Sindicato diz que não há tabelamento.
Por Victor Fernandes • Atualizado há 3 meses

Reprodução

A Petrobras anunciou no último dia 14 um reajuste no preço da gasolina, vendido nas refinarias. O valor do litro passou a custar R$ 2,25, sem tributos. No início de agosto, o preço praticado pela estatal era de R$ 1,94. De lá pra cá os reajustes acumulados já somam mais de trinta centavos.

Esse reajuste parece ter chegado ontem à Uberlândia. Quem saiu para abastecer entre ontem e hoje (18), encontrou a gasolina vendida à R$ 5,29 em alguns postos da cidade. A média anterior era de R$ 4,99, preço adotado após a Greve dos Caminhoneiros, em maio deste ano.

De agosto do ano passado à agosto deste ano, o combustível subiu em média 46% nas refinarias, o que resultou um aumento médio nas bombas de 20% nesse período em todo o país.

O Minaspetro, Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo em Minas Gerais, informou que a composição de valores nos combustíveis depende de muitos fatores, como impostos e a margem de lucro dos distribuidores e postos,  que não há tabelamento e alegou que cada empresário decide o preço final ao consumidor.

Ao vivo