06 de setembro de 2021 - 09:23

Termina hoje o prazo para empresas pagarem parcela do FGTS suspenso

A Medida Provisória foi editada para ajudar as empresas afetadas pela segunda onda da pandemia de covid-19.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 semanas

Reprodução

As empresas que aderiram à suspensão do recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), entre maio e agosto, terão de quitar a primeira parcela dos pagamentos adiados até esta segunda-feira (06). Cerca de 100 mil empregadores do país foram beneficiados pela Medida Provisória (MP).

De acordo com o cronograma da Caixa, os pagamentos suspensos serão divididos em quatro vezes, com a primeira parcela vencendo hoje e a última em sete de dezembro de 2021. Não haverá incidência de multa e encargos.

A MP foi editada para ajudar as empresas afetadas pela segunda onda da pandemia de covid-19. Segundo a Caixa, a medida ajudou a preservar 7 milhões de empregos.

De acordo com o Caixa, R$ 6 bilhões deixaram de ser recolhidos ao FGTS nos últimos quatro meses.

Ao vivo