22 de julho de 2021 - 10:07

TCU estabelece prazo para governo criar plano de ação e combater desmatamento na Amazônia

Segundo o Tribunal, uma estratégia de comunicação deverá ser criada em parceria com o Ibama para aumentar a percepção pública sobre a importância da fiscalização na região.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 meses

Reprodução

O Tribunal de Contas da União decidiu ontem abrir prazo de 120 dias para o governo federal apresentar um plano de ação para corrigir “irregularidades” no combate ao desmatamento e às queimadas na Amazônia.

Os problemas nas ações de prevenção e enfrentamento foram apontados por técnicos do tribunal após auditoria. Em votação unânime, o plenário do TCU determinou que o governo deve promover, junto com o Ibama, uma estratégia de comunicação social para aumentar a percepção pública de que a fiscalização é robusta e importante.

O TCU também determinou, no mesmo processo, que o governo federal promova “efetiva integração” com estados e municípios da Amazônia e com entidades da sociedade civil – como as ONGs, criticadas por Bolsonaro e pelo ex-ministro Salles repetidas vezes nos últimos anos.

Ao vivo