22 de fevereiro de 2021 - 09:41

STF homologa acordo e Onyx Lorenzoni terá que pagar R$ 189 mil por caixa 2

O ministro estava sendo investigado por doações não contabilizadas nas campanhas eleitorais de 2012.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 semanas

Reprodução / Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, homologou neste fim de semana um acordo de não persecução penal firmado pelo Ministério Público Federal com o ministro Onyx Lorenzoni, hoje à frente da Secretaria-Geral da Presidência.

Em agosto do ano passado, Onyx admitiu a prática de caixa dois à Procuradoria-Geral da República e, em troca de não ser alvo de uma ação penal, se comprometeu a pagar R$ 189 mil como multa.

Onyx estava sendo investigado pela prática de falsidade ideológica eleitoral (caixa dois), por doações não contabilizadas nas campanhas eleitorais do político em 2012.

A decisão de Marco Aurélio estabelece ainda que o depósito da multa deverá ser comprovado por Onyx, mediante guia de recolhimento à União, em até 24 horas a contar da homologação do acordo.

Ao vivo