04 de setembro de 2018 - 18:55

STF abre inquérito contra Carlos Marun por suspeita de corrupção

A investigação faz parte da Operação Registro Espúrio, que apura um esquema de fraudes no Ministério do Trabalho.
Por Flávio Max • Atualizado há 3 meses

Foto : Alex Ferreira

O Supremo Tribunal Federal (STF), abriu ontem (03), um inquérito para investigar o ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun.

A determinação feita pelo ministro Edson Fachin, apura suspeita de corrupção e associação criminosa no âmbito da Operação Registro Espúrio, que investiga um esquema de fraudes no Ministério do Trabalho envolvendo a liberação de registros sindicais.

De acordo com a investigação da Polícia Federal (PF), Carlos Marun conseguia “manifestações fraudulentas” para entidades sindicais de Mato Grosso do Sul (MS).

O ministro disse, por meio de sua assessoria, que só vai se manifestar quando tiver acesso total ao conteúdo da decisão.

Ao vivo