09 de agosto de 2019 - 11:13

Senado pode concluir votação da reforma em 60 dias, diz Tasso Jereissati

Se os Senadores mantiverem o texto aprovado pela Câmara, a reforma da Previdência seguirá para promulgação.
Por Flávio Max • Atualizado há 1 semana

Foto: Sérgio Lima

O senador Tasso Jereissati, escolhido como relator da reforma da Previdência, elogiou o texto aprovado pela Câmara e afirmou que eventuais mudanças devem ser feitas por uma PEC paralela.

Cabe agora a Jereissati apresentar um parecer à Comissão de Constituição e Justiça sobre a reforma. Segundo o Senador, a perspectiva é que a   proposta seja votada no plenário da Casa em até 60 dias.

Se o Senado mantiver o texto aprovado pela Câmara, a reforma seguirá para promulgação. Se os senadores modificarem a proposta, a PEC voltará à Câmara para nova análise dos deputados.

Diante disso, Tasso Jereissati afirmou que eventuais mudanças, como a inclusão de estados e municípios, devem ser discutidas em outra PEC.

Ao vivo