25 de junho de 2022 - 09:10

MP indica que Bolsonaro teria interferido na operação contra Milton Ribeiro

Pedido do Ministério Público tem por base conversa telefônica do ex-ministro da Educação que, segundo o MP, mostra que ele pode ter sido avisado com antecedência de operação da PF.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 meses

Reprodução

O Ministério Público Federal afirma haver suspeitas de interferência do presidente Jair Bolsonaro nas investigações referentes ao ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, na Operação da Polícia Federal Acesso Pago.

É o que diz uma manifestação assinada pelo procurador Anselmo Henrique Cordeiro Lopes, que pede o envio de parte das investigações ao Supremo Tribunal Federal.

Em resposta a Lopes, o juiz federal Renato Coelho Borelli, que determinou a prisão do ex-ministro, enviou a investigação ao STF e citou áudios em que Milton Ribeiro supostamente indicaria uma interferência de uma autoridade com foro no STF, como o presidente da República.

O advogado de Ribeiro, Daniel Bialski, afirmou por meio de nota que o áudio foi realizado antes da deflagração da operação e questionou a competência da Justiça Federal em Brasília em julgar o caso, após a investigação ser enviada ao STF.

Ao vivo