24 de janeiro de 2019 - 09:23

Mourão descarta intervenção militar brasileira na Venezuela

O presidente da República em exercício, também assegurou que o Brasil está "preparado" para um eventual aumento do fluxo migratório de venezuelanos em Roraima.
Por Flávio Max • Atualizado há 4 meses

Reprodução

O presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, afirmou que o Brasil não vai interferir na política interna da Venezuela.

“O Brasil não participa de intervenção, não é da nossa politica externa intervir nos assuntos internos de outros países”, disse Mourão.

Ontem (23), o presidente da Assembleia Nacional da Venezuela e líder da oposição Juan Guaidó se declarou presidente interino do país. O Brasil, os Estados Unidos e outros países reconheceram a legitimidade do ato.

A Justiça do país anulou todos os atos da Assembleia Nacional, que era presidida por Guaidó. Questionado sobre qual será a posição do Brasil em caso de uma prisão de Guaidó, Mourão afirmou que só poderá protestar.

Mourão também assegurou que o Brasil está “preparado” para lidar com um eventual aumento do fluxo migratório de venezuelanos em Roraima.

Ao vivo