06 de fevereiro de 2019 - 09:11

Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, é exonerado por Bolsonaro

O político vai tomar posse na Câmara dos Deputados; jornal denuncia envolvimento em esquema de corrupção.
Por Flávio Max • Atualizado há 3 meses

Reprodução - Agência Brasil

* Atualizado em 07/02/19 às 10:52 para correção de informação.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, foi exonerado do cargo pelo presidente Jair Bolsonaro. O decreto com o desligamento foi publicado no Diário Oficial da União na madrugada de hoje (06).

O texto não traz justificativas para a medida. A gestão Bolsonaro informou que a exoneração do ministro se deu para que ele tomasse posse como deputado federal na Câmara dos Deputados. Ele foi reeleito pelo PSL de Minas Gerais no ano passado, com a maior votação do Estado: 230 mil votos.

A publicação da exoneração causou certa confusão. Marcelo Álvaro Antônio foi alvo de reportagem do jornal Folha de São Paulo, que denunciou o suposto envolvimento do ministro em um esquema de corrupção, relacionado a candidaturas laranjas em MG para desvio de verbas públicas. A exoneração não teve relação com o fato.

Ao vivo