05 de outubro de 2019 - 09:58

Ministro do Turismo é denunciado pelo Ministério Público no caso dos laranjas do PSL

Marcelo Álvaro Antônio é suspeito dos crimes de falsidade ideológica, apropriação indébita eleitoral e associação criminosa..
Por Flávio Max • Atualizado há 3 semanas

Foto: Ernesto Rodrigues

O Ministério Público Eleitoral de Minas Gerais denunciou, na tarde de ontem (04), o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio , por três crimes envolvendo candidaturas-laranja do PSL em 2018.

Outra dez pessoas também foram denunciadas. Os crimes são de falsidade ideológica, apropriação indébita eleitoral, que é quando o candidato se apropria com os recursos destinados ao financiamento eleitoral para proveito próprio, e associação criminosa.

Pela investigação, o partido inscreveu candidatas sem a intenção de que elas fossem, de fato, eleitas. Isso porque o Tribunal Superior Eleitoral decidiu que pelo menos 30% dos recursos do fundo eleitoral devem ser destinados a candidaturas femininas.

Ao vivo