19 de outubro de 2018 - 18:38

Ministro do STF abre novo inquérito para investigar Paulinho da Força

O político é acusado de comprar de sindicatos, listas de pessoas demitidas para que sejam estimuladas a abrir ações trabalhistas contra seus ex-empregadores.
Por Flávio Max • Atualizado há 3 anos

Foto: Sergio Lima

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a abertura de um inquérito contra o deputado Paulinho da Força, do Solidariedade, a pedido do Ministério Público Federal (MPF).

O político é acusado de comprar de sindicatos, listas de pessoas demitidas para que sejam estimuladas a abrir ações trabalhistas contra seus ex-empregadores.

De acordo com o MPF, o esquema de captação ilícita de clientes funcionava mediante o pagamento de R$ 100 mil por escritórios de advocacia aos sindicatos. A prática é vedada por lei.

Segundo a Polícia Federal (PF), Paulinho da Força seria o responsável por fazer a ponte entre as entidades sindicais e os advogados envolvidos.

Ao vivo