10 de setembro de 2018 - 18:01

Lula pede liminar ao STF para ampliar prazo para troca de candidatura

Conforme decisão do TSE, o Partido dos Trabalhadores tem até amanhã (11), para trocar o principal nome da chapa.
Por Flávio Max • Atualizado há 3 meses

Reprodução - Reuters

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entraram hoje (10), com um pedido no Supremo Tribunal Federal (STF), para que o Partido dos Trabalhadores (PT), possa ter mais tempo para substituí-lo como candidato do partido à presidência.

Ao barrar a candidatura de Lula, em 1º de setembro, com base na Lei da Ficha Limpa, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou prazo que termina amanhã (11), para que o PT troque o principal nome da chapa. O partido pode ficar sem candidatura, se não fizer a substituição.

Nesta madrugada, a ministra Rosa Weber, presidente do TSE, negou um primeiro pedido de prorrogação do prazo. Na mesma decisão, ela enviou a apelação de Lula contra a rejeição de sua candidatura para análise do STF.

Ao vivo