18 de Janeiro de 2019 - 10:11

Luiz Fux suspende investigação sobre ex-assessor de Flávio Bolsonaro

A decisão do ministro atende a um pedido feito pela defesa do senador eleito.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 meses

Reprodução

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu a investigação que apurava as movimentações financeiras atípicas de Fabricio Queiroz, ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL).

A decisão de Fux atende a um pedido feito pela defesa de Flávio Bolsonaro.

Flávio alegou no pedido ao STF, que há ilegalidade na investigação, pois informações protegidas por sigilo bancário teriam sido obtidas pelo Ministério Público diretamente junto ao junto ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), sem autorização judicial.

Assinada durante o plantão do tribunal, a decisão vale até que o relator do caso, ministro Marco Aurélio Mello, avalie o caso. Isso deve ocorrer depois do recesso, que vai até o dia 31 de janeiro.

Ao vivo