19 de fevereiro de 2019 - 10:00

Lewandowski abre novo inquérito contra Collor

O senador também é réu em uma ação penal da Operação Lava Jato e responde a outros cinco inquéritos.
Por Flávio Max • Atualizado há 3 meses

Reprodução / Agência Estadão

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou ontem (18), a abertura de um inquérito para investigar se o senador Fernando Collor de Mello (PROS-Al).

De acordo com inventigações, Collor teria desviado a verba da cota parlamentar para pagar despesas de sua residência particular, a Casa da Dinda, em Brasília.

Collor também é réu em uma ação penal da Operação Lava Jato e responde a outros cinco inquéritos da Lava Jato e seus desdobramentos.

O pedido de investigação foi feito pela Procuradoria Geral da República (PGR), com base em denúncia apresentada na central de atendimento ao cidadão em razão de reportagem produzida pelo jornal “O Estado de S.Paulo”.

Segundo a assessoria de Collor, não houve desvio de cota parlamentar, mas sim um erro por parte da empresa prestadora de serviços que já foi esclarecido.

Ao vivo