19 de fevereiro de 2019 - 09:30

Governo confirma exoneração do ministro Gustavo Bebianno

Atual número dois da Secretaria-Geral da Presidência, o general Floriano Peixoto assume de forma definitiva o ministério.
Por Flávio Max • Atualizado há 3 meses

Foto: Ricardo Borges

Depois de quase uma semana de idas e vindas, o ministro Gustavo Bebianno da Secretaria-Geral da Presidência, deixou oficialmente o alto escalão e se tornou a primeira queda ministerial do governo de Jair Bolsonaro.

A exoneração foi comunicada no final da tarde de ontem (18), pelo porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros.

Ele classificou a decisão como de “foro íntimo” do presidente, que em nota agradeceu a dedicação de Bebianno à frente da pasta e desejou “sucesso na nova caminhada”.

Atual número dois da pasta, o general Floriano Peixoto assume de forma definitiva o ministério, que não passará por mudanças em sua estrutura.

No final da noite de ontem, a Secretaria de Comunicação Social do Planalto (Secom), divulgou um video onde o presidente agradeceu o trabalho do ex-aliado e afirmou acreditar na “seriedade e qualidade de seu trabalho”.

Ao vivo