12 de junho de 2019 - 09:57

Corregedor do CNJ arquiva pedido de investigação contra Moro

Na decisão, Humberto Martins entendeu que o atual ministro da Justiça não é mais juiz e, por isso, não pode ser alvo do CNJ.
Por Flávio Max • Atualizado há 6 dias

Foto: Geraldo Bubniak

O corregedor nacional de Justiça, Humberto Martins, arquivou ontem (11), um pedido de investigação contra o ex-juiz federal e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, no Conselho Nacional de Justiça.

O pedido foi apresentado pelo PDT, após reportagem do The Intercept divulgar conversas entre Moro e o procurador da República Deltan Dallagnol, com orientações sobre a operação Lava Jato.

Na decisão, o corregedor entende que Moro não pode mais responder a processo disciplinar no CNJ porque pediu exoneração do cargo de juiz federal em novembro do ano passado para assumir o Ministério da Justiça, a convite do presidente Jair Bolsonaro.

Ao vivo