07 de abril de 2021 - 09:48

Compra de vacinas por empresas privadas é aprovada na Câmara

Na prática, a principal mudança foi a retirada da exigência de que as empresas só possam começar a vacinação própria após a imunização dos grupos prioritários pelo SUS.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 semanas

Foto: Pablo Valadares

A Câmara dos Deputados aprovou ontem (06) o texto-base de um projeto que autoriza empresas privadas a comprarem vacinas contra a Covid para imunizar os funcionários.

Após a aprovação do texto-base, os deputados analisaram alguns destaques, propostas que visam modificar o conteúdo. A sessão foi encerrada, no entanto, sem que essa etapa fosse concluída.

Com isso, os deputados devem retomar a votação do projeto hoje (07). A sessão está marcada para as 2h da tarde. Concluída a análise, o projeto seguirá para o Senado.

Na prática, a principal mudança do texto é retirar a exigência, atualmente prevista em lei, de que as empresas só possam começar a vacinação própria após a imunização dos grupos prioritários pelo SUS.

O texto também permite a compra de imunizantes autorizados por agências estrangeiras reconhecidas pela OMS, mesmo que não tenham registro ou autorização da Anvisa.

Ao vivo