14 de janeiro de 2020 - 10:54

Bolsonaro diz que há brecha para reajustar salário mínimo pela inflação

O piso para este ano foi fixado em R$ 1.039, alta de 4,1% em relação ao do ano passado.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 semanas

Reprodução / AFP

O presidente Jair Bolsonaro defendeu hoje (14) a correção da defasagem que fez com que o salário mínimo fosse reajustado abaixo da inflação.

Bolsonaro afirmou que há uma brecha para isso, mas ressaltou que a decisão será tomada em uma reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, hoje a tarde.

O piso para este ano foi fixado em R$ 1.039, alta de 4,1% em relação ao do ano passado. O cálculo foi feito com base na projeção para o INPC, mas o indicador acabou fechando o ano em 4,48%.

Bolsonaro também disse que vai discutir com o secretário de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, a possibilidade de contratação de servidores e militares da reserva para zerar a fila de pedidos no INSS.

Ao vivo