19 de julho de 2021 - 09:33

Bolsonaro critica aumento do fundo eleitoral e culpa Marcelo Ramos

A aprovação do fundo ocorreu dentro da votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), na última quinta-feira (15).
Por Flávio Max • Atualizado há 1 semana

Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) culpou o deputado federal e vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), pela elevação do valor do Fundo Eleitoral, que praticamente triplicou para quase R$ 6 bilhões.

A aprovação ocorreu dentro da votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), na última quinta-feira (15). A medida repercutiu negativamente nas redes sociais, já que contou com votos de deputados da base do governo.

Segundo Bolsonaro, Marcelo Ramos foi o culpado por não ter separado o Fundo Eleitoral da LDO. O presidente responsabilizou Ramos por ter atropelado a votação e não aprovado a apreciação de um destaque que poderia derrubar a proposta de aumento do Fundão na LDO.

Pressionado por apoiadores nas redes sociais, Bolsonaro deu a entender que pode vetar a proposta aprovada.

Ao vivo