03 de janeiro de 2020 - 10:26

Bolsonaro considera “difícil” implementação de juiz de garantias

A medida aprovada pelo Congresso Nacional vem sendo alvo de críticas de apoiadores do ministro da Justiça, Sergio Moro.
Por Flávio Max • Atualizado há 9 meses

Reprodução / Reuters

O presidente Jair Bolsonaro disse ontem (02) que avalia como “difícil” a implementação do juiz de garantias, medida aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada por ele, mas que vem sendo alvo de críticas de apoiadores do ministro da Justiça, Sergio Moro, que recomendou que Bolsonaro vetasse a proposta.

Apesar da avaliação, o presidente defendeu a criação do juiz de garantias, que será responsável por acompanhar a investigação e garantir que o devido processo legal esteja sendo seguido antes que o caso seja julgado por um outro magistrado.

A criação do juiz de garantia tem sido alvo de críticas dos que consideram que atrapalharia o combate à corrupção, como o realizado pela operação Lava Jato.

Ao vivo