20 de maio de 2020 - 10:24

Bolsonaro anuncia saída de Regina Duarte da Secretaria Especial de Cultura

Em publicação em uma rede social, o presidente afirmou que ela assumirá a Cinemateca Brasileira, em São Paulo.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 semanas

Reprodução / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro anunciou hoje a saída da atriz Regina Duarte do cargo de secretária especial de Cultura. Em publicação em uma rede social, o presidente afirmou que ela assumirá a Cinemateca Brasileira, em São Paulo.

De acordo com Bolsonaro, Regina Duarte relatou que sente falta da família, mas que gostaria de continuar contribuindo com o Governo e a Cultura. Segundo o presidente, nos próximos dias, durante a transição da ex-secretária para Cinemateca, será mostrado o trabalho já realizado por ela no cargo nos últimos 60 dias.

Regina Duarte assumiu a pasta em 4 de março, com a missão de “pacificar” o embate entre a classe artística e a indústria da cultura com o governo federal.  Desde o início do mandato de Bolsonaro, a secretaria teve alta rotatividade em razão de polêmicas na pasta e em órgãos vinculados a ela.

A saída de Regina Duarte do governo já era um desejo da ala ideológica próxima ao presidente. Questionado sobre a permanência de Regina no governo, Jair Bolsonaro disse que só presidente e vice não podem ser trocados.

Ao vivo