27 de junho de 2022 - 09:17

Anderson Torres nega ter alertado Bolsonaro sobre operação da PF

Ministro da Justiça disse que não conversou com o presidente sobre operações da Polícia Federal durante viagem aos Estados Unidos
Por Flávio Max • Atualizado há 1 mês

Foto: Lúcio Bernardo Jr

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, usou as redes sociais ontem (26) para se defender das especulações que o apontam como a peça central do possível vazamento de informações da operação da Polícia Federal (PF) que prendeu o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro.

Em áudios interceptados pela PF no dia 9 de junho, Ribeiro disse que o presidente Jair Bolsonaro lhe telefonou e afirmou que tinha um “pressentimento” de que ele poderia ser alvo da corporação.

O ministro fez parte da comitiva presidencial que acompanhou Bolsonaro durante dois dias na Cúpula das Américas, realizada em Los Angeles. A viagem foi realizada na mesma semana em que Milton Ribeiro afirmou a uma de suas filhas que seria alvo de busca e apreensão.

Os áudios levaram o Ministério Público Federal a argumentar que teria havido uma tentativa de interferência do chefe do Executivo no caso.

Ao vivo