01 de maio de 2021 - 10:05

Recomeça Minas é aprovado em segundo turno pela ALMG

O projeto aprovado cria um auxílio emergencial de R$ 600 para famílias que vivem em extrema pobreza em Minas Gerais.
Por Flávio Max • Atualizado há 7 dias

Divulgação

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais aprovou por unanimidade no início da tarde de ontem (30), o projeto de lei que estabelece condições às empresas para regularizarem dívidas com o estado e o uso desses recursos para desoneração de setores impactados pela crise.

Batizado de Recomeça Minas, o texto também cria um auxílio emergencial de R$ 600 a algumas famílias. Aprovada por um placar de 72 votos favoráveis e um contrário, a proposta gerou desentendimentos entre o governador Romeu Zema e os deputados da Assembleia pela autoria do texto.

A Assembleia estima que a regularização de dívidas renda R$ 5 bilhões aos cofres públicos nos próximos três anos. Os recursos obtidos serão repassados aos setores econômicos prejudicados pela pandemia de COVID-19.

Ao vivo