26 de Janeiro de 2019 - 07:27

Justiça de MG bloqueia R$ 1 bilhão da Vale por desastre em Brumadinho

O Rompimento de barragem matou pelo menos 9 pessoas e deixou 300 desaparecidos até o momento.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 meses

Reprodução - Reuters

A justiça de Belo Horizonte determinou no fim da noite de ontem (25), o bloqueio de R$ 1 bilhão nas contas da mineradora Vale, motivada pelo desastre causado pelo rompimento da barragem da empresa em Brumadinho.

A decisão foi expedida com urgência em resposta a uma ação do Governo de Minas Gerais, que havia acionado a Vale, pedindo que a empresa seja responsabilizada pelo desastre que resultou em nove mortes, até o momento.

Conforme o jornal O Estado de São Paulo, o Juiz de plantão da Vara de Fazenda Pública na capital mineira, Renan Carreira Machado, concedeu a liminar em face do que chamou de “tragédia anunciada”. Citou ainda o “dano ambiental, agravado pelas vítimas humanas”.

O Juiz ainda determinou, entre outras medidas, que a Vale impeça que os rejeitos contaminem as fontes de nascente e captação de água. Ontem os rejeitos atingiram o Rio Paraopeba. Seis prefeituras emitiram alerta para que a população se mantenha longe do leito do rio, que pode subir.

Ao vivo