29 de janeiro de 2019 - 10:31

Engenheiros responsáveis por segurança de barragem são presos

Os técnicos foram levados para a sede da Polícia Civil e deverão ser encaminhados em seguida para Minas Gerais.
Por Flávio Max • Atualizado há 4 meses

Reprodução

O Ministério Público de São Paulo e a Polícia Civil do estado cumpriram na manhã de hoje (29), dois mandados de prisão expedidos pela Justiça Estadual de Minas Gerais contra engenheiros que prestavam serviço para a mineradora Vale.

De acordo com o MP, os engenheiros atestaram a segurança da barragem um da Mina do Feijão, em Brumadinho, que se rompeu na última sexta-feira (25).

Os investigadores do Ministério Público e da polícia apuram se documentos técnicos, feitos por empresas contratadas pela Vale e que atestavam a segurança da barragem que se rompeu, foram, de alguma maneira, fraudados.

Os engenheiros foram levados para a sede da Polícia Civil e deverão ser encaminhados em seguida para Minas Gerais. As ordens da Justiça são de prisão temporária, com validade de 30 dias. Em Minas, foram cumpridos outros três mandados de prisão.

 

Ao vivo