02 de abril de 2021 - 09:36

Membros do conselho de administração do Banco do Brasil pedem demissão

Renúncia vem após conselheiros terem afirmado que Fausto Ribeiro, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro, não tem experiência em gestão para presidir o banco.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 semanas

Divulgação

O Banco do Brasil anunciou ontem (01) a renúncia de Hélio Magalhães e de José Guimarães Monforte aos cargos de membros do conselho de administração da companhia. Os dois foram indicados pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, aos cargos.

A saída de Magalhães, que era presidente do conselho, tem efeito a partir de hoje (02), enquanto a de Monforte, como membro independente do colegiado, já está valendo desde ontem.

A renúncia vem após ambos, terem afirmado que Fausto Ribeiro, o indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para presidir o banco, atende aos requisitos legais, mas que não tem experiência em gestão para assumir o comando do BB.

Bolsonaro nomeou Ribeiro em março para suceder André Brandão, que renunciou após ter sido ameaçado de demissão por Bolsonaro, na esteira de um plano de corte de custos no BB, incluindo fechamento de agências e demissões.

Ao vivo