15 de Março de 2019 - 10:35

Ignácio de Loyola Brandão é eleito novo imortal da ABL

O escritor preenche a vaga que era do jurista e sociólogo Hélio Jaguaribe, que morreu em setembro do ano passado.
Por Flávio Max • Atualizado há 5 dias

Reprodução

O escritor e jornalista Ignácio de Loyola Brandão foi eleito ontem (14), por unanimidade, para a cadeira 11 da Academia Brasileira de Letras.

Ele preenche a vaga que era do jurista e sociólogo Hélio Jaguaribe, que morreu em setembro do ano passado.

Loyola que ao longo da carreira lançou mais de 40 livros, entre romances, coletâneas de contos e crônicas, além de obra para o teatro, recebeu todos os 31 votos possíveis.

Em 2016, o escritor ganhou, pelo conjunto da obra, o Prêmio Machado de Assis, entregue pela própria Academia.

Atualmente, Loyola publica uma crônica quinzenal no jornal “O Estado de S. Paulo”.

Ao vivo