27 de junho de 2020 - 10:10

Celso de Mello pede parecer da PGR sobre depoimento de Bolsonaro

A solicitação para ouvir o presidente foi feita pela Polícia Federal, que alega que o depoimento é essencial para o encerramento do processo.
Por Flávio Max • Atualizado há 5 dias

Foto: Carlos Moura

O ministro Celso de Mello do Supremo Tribunal Federal (STF) encaminhou ontem (26) um ofício à Procuradoria Geral da República (PGR) para que o órgão se manifeste sobre eventual depoimento do presidente Jair Bolsonaro no inquérito sobre suposta interferência dele na Polícia Federal.

A solicitação para ouvir o presidente foi feita pela Polícia Federal (PF). A delegada responsável, Christiane Correa Machado, diz que ouvir o presidente é essencial para o encerramento do processo.

Uma suposta intromissão de Bolsonaro na PF foi apontada pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro.

Não se sabe ainda se Bolsonaro prestaria os esclarecimentos presencialmente ou por escrito. Cabe ao decano do STF decidir. Há uma ala de especialistas em direito que defendem que o mandatário teria de ser questionado por escrito, como ocorreu com o ex-presidente Michel Temer no inquérito dos portos.

Ao vivo