23 de agosto de 2018 - 19:34

TSE dá 7 dias para que defesa de Lula se manifeste sobre candidatura

O petista deverá contestar todas as 16 impugnações apresentadas contra seu registro
Por Flávio Max • Atualizado há 3 anos

Foto: Ueslei Marcelino

O Tribunal Superior Eleitoral intimou hoje (23) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT à Presidência da República, a apresentar a defesa de sua candidatura em até 7 dias corridos, prazo que termina em 30 de agosto.

Por meio de seus advogados, o petista deverá contestar todas as 16 impugnações apresentadas por outros partidos, candidatos e cidadãos, ao seu registro de candidatura.

Pela Lei da Ficha Limpa, Lula está inelegível, em razão de ter sido condenado criminalmente por tribunal de segunda instância pela Lava Jato.

Uma das impugnações à candidatura de Lula foi apresentada pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. A decisão sobre o registro de Lula caberá ao plenário do TSE, formado por 7 ministros.

Em caso de rejeição, a defesa ainda poderá tentar manter a candidatura do petista junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), composto por 11 ministros.

Ao vivo