06 de Março de 2018 - 18:17

Temer não vai recorrer da quebra de sigilo bancário, diz Marun

Presidente é investigado no processo que apura irregularidades no 'decreto dos Portos'.
Por Flávio Max • Atualizado há 9 meses

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou hoje (06), que o presidente Michel Temer não vai recorrer da quebra de sigilo bancário determinada contra o presidente no âmbito da investigação que apura irregularidades na edição do chamado ‘decreto dos Portos’. Segundo Carlos Marun, Temer “não tem nada a esconder”.

O chefe da Secretaria de Governo classificou como abusiva e desnecessária a decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), de autorizar a quebra de sigilo de Temer.

Marun reafirmou que assim que receber as cópias dos extratos, o presidente irá remeter à Justiça e à imprensa.

 

Ao vivo