11 de setembro de 2017 - 17:03

STF julga na quarta suspeição de Janot pedida por Temer

Defesa alega que nos casos envolvendo o presidente, Janot extrapola "limites"
Por Lorena Silva • Atualizado há 1 ano

O Supremo Tribunal Federal (STF) deverá julgar a suspeição do procurador-geral da república, Rodrigo Janot na próxima quarta-feira (13). O ministro do STF, Edson Fachin enviou ao plenário da Corte o recurso em que a defesa do presidente Michel Temer pede a suspeição de Janot, para atuar em investigação relacionada ao presidente está em tramitação na Corte.

Essa decisão do ministro visa atender a um recurso que foi apresentado na semana passada pelo advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, que defende o presidente da república. Mariz de Oliveira alega que nos casos envolvendo o presidente, Janot extrapola os “limites constitucionais e legais inerentes ao cargo que ocupa”.

 

Ao vivo