21 de julho de 2017 - 18:41

Recurso para normalizar emissão de passaportes chega a PF

Impressão depende agora da Casa da Moeda
Por Lorena Silva • Atualizado há 3 meses

A Polícia Federal afirmou ter recebido hoje (21), os recursos para normalizar a emissão de passaportes, suspensa desde 27 de junho em todo o país.

O valor de mais de R$ 102 milhões foi repassado pelo Ministério da Justiça após mais de três semanas de paralisação do sistema por falta de orçamento.

Com isso, a normalização efetiva, ou seja, a impressão dos passaportes, depende agora da Casa da Moeda, responsável pela confecção do documento.

Ainda não há informações de prazos para regularização total do sistema. A Casa da Moeda tem condições de imprimir em um dia normal cerca de 15 mil passaportes. Até a paralisação, a demanda era de cerca 11 mil por dia.

Ao suspender a emissão do documento, a PF afirmou faltar recursos para o serviço. O governo arrecadou no ano passado R$ 578 milhões com a emissão de passaportes. Boa parte desse recurso, porém, não foi empregada no serviço prestado pela Polícia Federal.

 

Ao vivo