21 de fevereiro de 2019 - 09:44

MPF encontra 17 mil caixas com documentos sobre esquema de Cabral

Os arquivos pertenciam à empresa "Trans Expert", que funcionava como "banco paralelo" para movimentar o dinheiro do esquema de corrupção
Por Flávio Max • Atualizado há 3 meses

Reprodução / Reuters

Procuradores da força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro encontraram 17 mil caixas com documentos que trazem mais informações sobre o esquema de pagamento de propinas durante a gestão do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.

As caixas estavam em um depósito na zona norte do Rio, e pertenciam à transportadora de valores, Trans Expert, que de acordo com o Ministério Público Federal, funcionava como “banco paralelo” para movimentar o dinheiro do esquema de corrupção

Segundo os procuradores, os documentos confirmam informações apuradas com doleiros, em colaborações premiadas, que deram início às investigações em junho do ano passado.

Ao vivo