25 de julho de 2017 - 10:23

Ministério Público do RJ pede afastamento de Marco Polo Del Nero

Confederação cometeu irregularidades em assembleia realizada em no mês de março passado
Por Fernando Souza • Atualizado há 3 meses

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) ajuizou Ação Civil Pública que pede o afastamento imediato do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, além seus quatro vices, assim como o restante da diretoria da entidade.

O órgão público ainda deseja que um interventor, indicado pela Justiça, assuma a gestão da entidade até que o processo seja julgado. O MP-RJ considera que a confederação cometeu irregularidades em assembleia realizada em no mês de março passado. Por isso, pede ainda que os efeitos daquela reunião sejam anulados.

A ação foi ajuizada pela 2.ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Capital. De acordo com o MP-RJ, a CBF desrespeitou a Lei Pelé ao realizar a assembleia sem respeitar a convocação obrigatória de representantes dos clubes das séries A e B do Campeonato Brasileiro.

 

Ao vivo