18 de julho de 2017 - 09:19

Janot disse que o Ministério Público não tem pressa

Ele afirmou que existem mais investigações em curso
Por Fernando Souza • Atualizado há 3 meses

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot afirmou que “o Ministério Público não tem pressa e nem retarda denúncia”. Ele fez a afirmação ontem, dia 17, nos Estados Unidos e comentou sobre a apresentação da próxima denúncia contra o presidente Michel Temer.

Janot disse que “existem investigações em curso e, dessas investigações, uma está mais adiantada que outra. Se até o dia 15 de setembro, último dia útil do meu mandato, eu obtiver esse quadro definido, não posso deixar de fazer isso, sob pena de prevaricar, de praticar meu ato de ofício”, completou o procurador-geral.

Sobre a expectativa em relação a decisão da Câmara sobre a primeira denúncia contra Temer, de corrupção passiva. Janot afirmou que vai aceitar a decisão com a “maior naturalidade possível”. Cabe à Câmara autorizar o Supremo Tribunal Federal a dar prosseguimento ao processo ou não.

Ao vivo