05 de março de 2019 - 09:31

Itamaraty anuncia demissão de diplomata após textos sobre Venezuela

Paulo Roberto de Almeida era diretor do Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais, órgão vinculado ao Itamaraty.
Por Flávio Max • Atualizado há 3 meses

Divulgação

O Ministério das Relações Exteriores informou ontem (04), que o diplomata Paulo Roberto de Almeida, diretor do Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais, deixou o comando do órgão, vinculado ao Itamaraty.

Diplomata de carreira desde 1977, Almeida publicou e reproduziu entre domingo (03) e segunda-feira (04), vários textos sobre a crise na Venezuela.

O diplomata não fez comentários sobre o posicionamento do Brasil, mas disse ter denunciado “o desastre que se preparava” no país e revelado “o caráter profundamente corrupto” do regime de Hugo Chávez, antecessor do de Nicolás Maduro.

Em nota, o Itamaraty disse que a troca da Presidência do Instituto já estava prevista para a maioria das chefias e foi apenas comunicada ao atual titular.

Ao vivo