24 de julho de 2017 - 09:24

Irmãos Batista dizem que esquema de corrupção começou no MS

Lista com nomes e notas fiscais com simulações de compras dos animais foi entregue
Por Fernando Souza • Atualizado há 3 meses

Através de delação, os irmãos Wesley e Joesley Batista revelaram que o esquema de corrupção da qual a empresa JBS é participante começou no Mato Grosso do Sul.

De acordo com os empresários, o esquema teria durado 13 anos, e funcionaria com base em falsas vendas de gado para “disfarçar” pagamentos de propina a autoridades no Estado. Os irmãos entregaram ao Ministério Público (MP) uma lista com nomes e notas fiscais com simulações de compras dos animais, que nunca foram levados para o abate.

Wesley acrescentou que a JBS fez doações oficiais e via caixa dois a Reinaldo Azambuja (PSDB), atual governador, e Delcídio do Amaral (PT), que disputaram o segundo turno ao governo do Estado em 2014. Ainda de acordo com ele, as vendas de gado eram inventadas para justificar a saída do dinheiro da JBS.

Ao vivo