21 de julho de 2017 - 09:26

Governo aumenta tributos da gasolina, diesel e etanol

Proposta é cumprir a meta fiscal de déficit primário de R$ 139 bilhões
Por Fernando Souza • Atualizado há 3 meses

O governo decidiu aumentar tributos para arrecadar R$ 10,4 bilhões como forma de recuperar a arrecadação. A proposta é cumprir a meta fiscal de déficit primário de R$ 139 bilhões.

O Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a gasolina, o diesel e o etanol subirá para compensar as dificuldades fiscais. O anúncio foi feito pelos ministérios da Fazenda e do Planejamento.

Subiram as alíquotas da gasolina, R$ 0,38 para R$ 0,79. No diesel, a alta saiu de R$ 0,24 para R$ 0,46. Do etanol produto, foi de R$ 0,12 centavos para R$ 0,13 centavos. As alíquotas para o etanol distribuidor, que era de zero, foi para R$ 0,19 o litro. O tributo tem efeito nas refinarias, mas o aumento deve ser repassado para os consumidores.

Ao vivo