25 de janeiro de 2019 - 10:22

Ex-governador Beto Richa é preso em Curitiba

O pedido de prisão foi feito pelo MPF em um desdobramento da Operação Integração que investiga a concessão de rodovias no Paraná.
Por Flávio Max • Atualizado há 4 meses

Reprodução / ANPr

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), foi alvo de prisão preventiva por tempo indeterminado na manhã de hoje (25).

A medida foi determinada pelo juiz Paulo Sérgio Ribeiro, da 23ª Vara Federal de Curitiba.

O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF), em um desdobramento da Operação Integração, que foi uma fase da Lava Jato que investigou a concessão de rodovias no Paraná.

Beto Richa é investigado pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Em setembro do ano passado, Beto Richa já havia sido preso, suspeito de super faturamento de contratos para manutenção de estradas rurais no estado. Ele foi solto poucos dias depois por decisão do ministro Gilmar Mendes do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ao vivo