14 de Fevereiro de 2019 - 09:55

Dodge defende que R$ 191 milhões obtidos em multas da Lava Jato financiem educação básica

Os recursos poderão ser aplicados na compra de mobília, equipamentos de informática e veículos para transporte na zona rural.
Por Flávio Max • Atualizado há 1 mês

Reprodução

A Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, pediu que o Supremo Tribunal Federal autorize a destinação de R$ 191 milhões obtidos em multas pagas por delatores da Lava Jato a programas de educação básica do Ministério da Educação.

Os pedidos foram endereçados ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo. Se o ministro autorizar, o dinheiro poderá ser aplicado na compra de mobília, equipamentos de informática e veículos para transporte na zona rural.

Os recursos têm origem em multas pagas em 31 acordos de delação premiada fechados no âmbito da Operação Lava Jato.

Ao vivo