27 de julho de 2017 - 09:27

Defesa de Lula não concorda com depoimento por videoconferência

É o segundo processo a que o petista responde no âmbito da Operação Lava-Jato
Por Fernando Souza • Atualizado há 3 meses

Os advogados de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informaram ao juiz federal Sérgio Moro, que não concordam com a realização de interrogatório por videoconferência. Esse é o segundo processo a que o petista responde no âmbito da Operação Lava-Jato.

Na semana passada, ao marcar o depoimento de Lula para o dia 13 de setembro, Sérgio Moro pediu à defesa do ex-presidente que se manifestasse sobre a possibilidade de realizar a audiência à distância.

Ao vivo