24 de julho de 2017 - 15:39

Cabral pede afastamento do juiz Marcelo Bretas de processo

A defesa ingressou com um pedido de "exceção de suspeição"
Por Lorena Silva • Atualizado há 3 meses

A defesa do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, entrou com um pedido de afastamento contra o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, do processo que investiga o político pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Os advogados de Cabral acusam o magistrado de prejulgamento da causa e parcialidade por antecipar juízo de valor em razão de declarações do juiz dadas ao jornal “Valor Econômico”, no último dia 14 de julho, sobre a finalidade de joias que pertenciam à Cabral, alvo da operação Calicute.

A defesa ingressou com um pedido de “exceção de suspeição” contra Bretas e pede ainda que o processo seja paralisado até o julgamento pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2).

Em entrevista ao jornal, o juiz afirmou que era preciso analisar se houve, de fato, crime de lavagem de dinheiro na compra das joias ou se era “propina e ostentação”.

 

Ao vivo