07 de abril de 2021 - 10:21

Antecipação do 13º de aposentados do INSS deve ficar para maio

A medida foi prometida para março pelo presidente Jair Bolsonaro, mas sofreu um atraso em decorrência de um impasse no orçamento da União.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 semanas

Reprodução

A antecipação do 13º de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não deve acontecer este mês. A medida foi prometida para março pelo presidente Jair Bolsonaro, mas sofreu um atraso em decorrência de um impasse no orçamento da União. As informações foram divulgadas pelo jornal O Globo.

O orçamento foi aprovado no dia 25 de março, no entanto com um déficit fiscal de R$ 247 bilhões. O projeto teria sido “turbinado” para atender emendas de parlamentares via corte de despesas obrigatórias. Ainda de acordo com o jornal, a manobra gerou um impasse entre Governo Federal e Congresso e, com isso, o texto não foi sancionado. O prazo para a liberação ficou para 22 de abril.

A Secretaria de Previdência havia preparado um decreto que estabelecia a antecipação do pagamento da primeira parcela do 13º para abril e o da segunda, em maio. Com o atraso do orçamento, a projeção é que os pagamentos sejam realizados em maio e junho.

Ao vivo