18 de julho de 2017 - 09:21

Sargento acusado de assassinato em Uberlândia é expulso da PM

Ele aguarda uma vaga em um presídio de Minas Gerais
Por Fernando Souza • Atualizado há 1 mês

O sargento Clóvis Durade Cândido foi excluído da Polícia Militar (PM). A conclusão do Processo Administrativo Disciplinar (PAD) aconteceu na semana passada. Agora a corporação da PM irá fazer a transferência dele de uma cela no 17° BPM, no bairro Santa Mônica para prisão comum em algum presídio do estado.

Clóvis Durade é acusado de matar a professora Veridiana Rodrigues Carneiro, no bairro Santa Mônica, zona leste de Uberlândia, no dia 27 de outubro de 2015. Advogado de defesa de Durade, Júlio Antônio Moreira disse que que já entrou com mandado de segurança na Justiça para que Cândido recupere o cargo, alegando que o cliente sofre com problemas psiquiátricos.

 

Ao vivo