26 de Abril de 2018 - 19:32

Assembleia de Minas aceita pedido de impeachment contra Fernando Pimentel

Segundo denúncia, o governador cometeu crime de responsabilidade ao não repassar R$ 300 milhões ao orçamento da ALMG.
Por Flávio Max • Atualizado há 7 meses

Foto: Renato Costa

A presidência da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), aceitou hoje (26), a denúncia do advogado Mariel Marra que pede o impeachment do governador Fernando Pimentel (PT), por crime de responsabilidade.

De acordo com a assessoria de imprensa da ALMG, a aceitação da denúncia será publicada em até 48 horas no Diário Oficial de Minas Gerais. Após este prazo, uma comissão especial será criada para avaliar o pedido de impeachment. Ela será formada por sete deputados, que serão indicados pelos lideres dos blocos parlamentares.

A denúncia afirma que o governador cometeu crime ao não repassar R$ 300 milhões ao orçamento da Assembleia. Pimentel tambem é acusado de dever R$ 20 milhões a advogados do estado.

Por meio de nota, o governo de Minas disse ver com “estranheza a aceitação do pedido de impeachment”, que chamou de inconsistente e sem sustentação jurídica, mas que reconhece esta como uma prerrogativa dos parlamentares mineiros. A nota diz ainda que “não é momento para aventuras políticas” e que espera que os parlamentares tenham a “prudência necessária”, respeitando rito e regras do processo.

Ao vivo